Logo da República do Brasil - Justiça Federal da 5ª Região
Link do Tribunal Regional Federal da 5ª Região
Imagem do Portal da Justiça Federal

Homenagem ao servidor: JFPE lançou hoje o Justiça em Movimento

02/10/2019 às 19:15:00

Foi dada a largada para o projeto que visa a conscientizar os servidores e magistrados sobre a mudança de hábitos físicos e alimentares. Foi lançado na manhã desta quarta-feira (2/10), no auditório da Seção de Treinamento da sede da Justiça Federal em Pernambuco, o Justiça em Movimento, que faz parte da programação comemorativa ao “Mês do Servidor”. Ao abrir o evento, o diretor do Foro da JFPE, juiz federal Frederico Azevedo, enfatizou a importância da alimentação saudável e a prática de atividades físicas para a saúde e que ele colhe os benefícios dessas práticas, com organismo saudável e sem precisar de medicamentos. A supervisora da Seção de Treinamento da JFPE, Nathiene Alencar, agradeceu o apoio do diretor do Foro ao projeto, ressaltando que o Justiça em Movimento busca, principalmente, uma mudança de hábitos, que resultará em mais qualidade de vida para servidores e magistrados. O projeto conta também com o patrocínio da Associação dos Servidores da Justiça Federal no Estado de Pernambuco (Asserjufe), Associação dos Juízes Federais da 5ª Região (Rejufe) e Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal em Pernambuco (Sintrajuf-PE).

Frederico Azevedo fez uma breve explanação sobre a programação do “Mês do Servidor”, que terá palestras, implementação de atividades físicas e orientação nutricional por profissionais qualificados, realizadas no próprio local de trabalho, antes ou após o expediente. Em seguida, a nutricionista Tainá Diniz, especialista em Nutrição Clínica e Esportiva, Bariátrica e Terapia Nutricional, mestranda em Ciências da Nutrição e pesquisadora do Laboratório de Genética Molecular, proferiu a palestra “Alimentação Saudável”. A profissional abordou desde conceitos a dicas importantes de como montar uma refeição saudável, o que inclui 50% de vegetais crus e cozidos, 25% de carboidratos, 12,5% de proteína vegetal e 12,5% de proteína animal.

Justiça em Movimento

O segundo momento do evento desta manhã foi reservado ao detalhamento de como o Justiça em Movimento funcionará. O projeto irá acompanhar 30 servidores e/ou magistrados, com o suporte do serviço médico da Justiça Federal, nutricionista e profissionais de Educação Física, durante o período de 2 de outubro a 10 de dezembro deste ano. Ao se inscrever, os participantes poderão optar por um dos dois horários: das 7h30 às 8h30 ou das 17 às 18h. As atividades serão realizadas três vezes por semana: às segundas, quartas e sextas-feiras. A lista de participantes terá, além dos 30 primeiros inscritos, 15 suplentes, em caso de desistência de algum deles. Mas, quem perdeu o evento e ficou de fora da oportunidade de se inscrever nas vagas abertas e ser acompanhado por profissionais da área de Nutrição e Educação Física, não precisa se desesperar, calma que a Seção de Treinamento promete se empenhar e correr atrás de parecerias para descontos em academias e em empresas de alimentação saudável. Também proporá ao Restaurante João Teimoso, que funciona na sede da JFPE, um incremento de mais alimentos saudáveis no cardápio. “O foco do programa é mudança de hábito e, desenvolvido em grupo, facilita a motivação de todos”, destacou Nathiene Alencar.

E para garantir que o Justiça em Movimento promete mudar hábitos, principalmente de sedentários, a educadora física e personal Marina Sabino já colocou todo mundo no auditório para se movimentar. “Nada de ficar parado, o corpo precisa de movimento”, disse a profissional. Em seguida falou sobre a diferença entre atividade física e exercício físico e que eles não são sinônimos. Ao descer uma escada, você está fazendo uma atividade física, por exemplo. Marina Sabino falou dos benefícios da atividade física para diminuir o estresse e o cansaço, melhorar a força e a resistência muscular, combater o excesso de peso, diminuir a depressão, promover o fortalecimento do sistema imune, entre outros ganhos, o que resultará numa melhoria do nível de saúde. Por fim, a educadora física e personal Juraneide Gomes detalhou como funcionarão as atividades e acompanhamento do Justiça em Movimento, inclusive com a criação de um grupo de WhatsApp ao final do evento de hoje, no qual os interessados foram adicionados e receberam o link de inscrição para participar do projeto. De acordo com Juraneide Gomes, os participantes serão avaliados fisicamente antes de iniciar as atividades e ao final do projeto, no mês de dezembro.


Autor: Assessoria de Comunicação da JFPE

Pin It

 Imprimir 







Top