Logo da República do Brasil - Justiça Federal da 5ª Região
Link do Tribunal Regional Federal da 5ª Região
Imagem do Portal da Justiça Federal

Agentes da Policia Judicial da JFPE participam de capacitação sobre videomonitoramento 

20/11/2020 às 20:50:00

Os policiais judiciais da Seção Judiciária de Pernambuco (SJPE) receberam, desde o dia 19 de outubro, até esta sexta-feira (20/11), capacitação voltada para conhecimento, instalação e utilização do videomonitoramento no âmbito da Justiça Federal em Pernambuco.  A  ferramenta já  é uma realidade na JFPE, uma vez que todos os prédios contam com uma estrutura de câmeras e uma central de monitoramento que funciona 24 horas no edifício-sede.  Diante do contexto, o curso visou  capacitar e trazer novas habilidades aos policiais da Justiça Federal buscando aprimorar o serviço de alta qualidade técnica.  


Promovido na modalidade EAD, o curso faz parte da exigência da Portaria Conjunta n° 01 de 07 de março de 2017, Art. 3° e Paragrafo 1° do STF e CNJ que regulamenta a Gratificação de Atividade de Segurança- GAS. Foram abordados temas como a definição de videomonitoramento, (sob o aspecto da segurança institucional), as construções de barreiras virtuais, os principais tipos de monitoramento existentes e suas aplicações.  Como conclusão do curso cada policial apresentou um projeto de instalação de uma central de videomonitoramento para seu local de atuação.  A capacitação foi ministrada pelos policiais da própria Justiça Federal, Ana Cláudia L Aleixo e Leandro Pontes que já atuam como instrutores na área da segurança.


De acordo com o agente de policia judicial Edvandro Mattos de Oliveira, lotado na Subseção de Petrolina, o curso foi enriquecedor para a formação profissional de todos que participaram. "Os conhecimentos adquiridos, com toda certeza, vêm agregar e auxiliar os servidores de segurança em suas atividades à frente de um sistema de videomonitoramento. Ademais, essa importantíssima ferramenta contribui significantemente para a proteção de magistrados, servidores e da população jurisdicional que acessam ao foro", considerou.


Autor: Assessoria de Comunicação JFPE

Pin It

 Imprimir 

Top
×