i JFPE - JFPE autoriza segunda fase da Operação Frígia
Logo da República do Brasil - Justiça Federal da 5ª Região
Link do Tribunal Regional Federal da 5ª Região
Imagem do Portal da Justiça Federal

Após autorização da 20ª Vara (Salgueiro) da Justiça Federal em Pernambuco – JFPE, o Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF) deflagraram, na manhã de ontem (13), a segunda fase da Operação Frígia, que investiga grupo especializado em extração ilegal de minério de ouro e posterior beneficiamento, realizados na zona rural dos municípios de Verdejante e Serrita, no Sertão de Pernambuco. Os investigados são suspeitos da prática de crimes ambientais, usurpação de patrimônio da União, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A Operação Frígia foi originada na investigação conjunta realizada pelo MPF e pela PF. A primeira fase da operação foi deflagrada em outubro de 2020. A partir de então, já houve o oferecimento de denúncia pelo MPF, de 14 envolvidos no esquema, que já se tornaram réus devido ao recebimento da denúncia pela JFPE. Segundo as apurações, os investigados realizam desde a extração da pedra bruta in natura até a venda do produto a receptadores no Recife e em Juazeiro do Norte (CE). De acordo com o MPF, a extração dos minérios ocorria em terrenos públicos e particulares. Além disso, os valores oriundos da venda eram colocados em circulação, com aparência de legalidade, por meio da aquisição de veículos e outras condutas que caracterizam a prática de lavagem de dinheiro.

Pin It
Top

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.